MIKE TYSON NA CONDUÇÃO DOS TRABALHOS

Conversando com um amigo sobre alguns exemplos do esporte para nossa vida em vendas, falei do meu apreço ao jeito Mike Tyson de fazer resultados.

É lógico que não espero ser unanimidade na minha ponderação, mas não vou me ater ao comportamento do moço fora do “escritório”. Quero falar do jeito “Mike Tyson” de erigir títulos e derrubar adversários.

Depois dele, que outro ídolo surgiu no boxe? Nenhum. É até possível que o UFC tenha surgido como fruto dessa “viuvez” do Tyson. A lacuna foi completada por um “quase” outro esporte (?) e ninguém toca mais no assunto.

Mas vamos ao que interessa, vendas:

 

  • Você já viu o Mike Tyson “ensebando” para derrubar um adversário? – Tem Vendedor que fica fazendo o “joguinho de pernas” para lá e para cá “no ringue”, esperando cansar o oponente, nesse caso o Cliente, e ganhar a luta por pontos. Cuidado! Tem muito jurado “míope” por aí!

Lição do Tyson: Vá pro pau e arrebenta logo!!! Venda, corra pro abraço e logo depois, para os braços de outro Cliente. Afinal, o tempo e a luta não param.

  • Você consegue imaginar um soco “mais ou menos” do Tyson? – Vi algumas lutas no youtube, e até quando o golpe do cara pegou…digamos “de raspão”, o resultado foi o de sempre: nocaute.

Lição do Tyson: O seu soco “mais ou menos” deve falar tanto da sua preparação e fome de vendas, que será melhor que o “mais potente soco do Vendedor adversário”. O resultado será o de sempre: negócio fechado e sua meta… “nocauteada”.

  •  Você já viu o Mike Tyson fazendo joguinho de cena para as câmeras? – Ele simplesmente entrava no ringue, e ia pro abafa, descia a pancada no adversário e ganhava a luta.

Lição do Tyson: O dia está ensolarado, vá e venda! O dia está nublado, vá e venda! Você não está muito bem hoje, vá e venda… de preferência no primeiro “round” do dia.

Para finalizar, uma dica para todos os gestores de vendas: Quer arrebentar em produtividade durante uma reunião de vendas?

Chame o Mike para conduzir os trabalhos! Calma!!! Eu tô falando de nocaute na falta de pauta, na falta de objetividade e na falta de foco! 40 minutos de luta…digo, de reunião são mais do que suficientes!

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *