NÃO AJOELHE NA RODOVIA

Eu e meus filhos estávamos assistindo ao filme “Todo-Poderoso”, com Jim Carrey e o fabuloso Morgan Freeman. Resumindo rapidamente para quem não viu, apesar de a produção ser de 2003, Deus resolve tirar umas férias e designa o personagem de Carrey para o desempenho de suas funções.

Atrapalhado, muito cansado de ser Deus e obrigado a ouvir todas as lamúrias, pedidos e escassos agradecimentos do mundo, Jim compreende a lição que lhe fora imposta pelo Criador e conclui que em todos os momentos da vida “ele deveria ser o milagre”, e não viver esperando eternamente por um.Acabrunhado, o moço resolve andar pela rodovia “à procura” de Deus, que o havia abandonado com a árdua missão de substituí-lo. No auge do desespero, ele vê uma luz muito intensa vindo em sua direção. Não era a salvação, era um caminhão.

Carrey foi atropelado. Chegou a morrer, mas continuou questionando Deus por tudo o que ele fazia. A última reclamação era: por que havia morrido?

Ao que Deus responde com muita tranquilidade:

–  Você não pode se ajoelhar na rodovia e achar que nada vai acontecer, filho!

Tudo o que você faz na vida traz consequências.

Você não pode deixar de cumprir um prazo combinado com o Cliente e achar que nada vai acontecer. Você não pode ter o pior estoque com os maiores preços e  achar que a saúde das suas vendas não sofrerá nenhum abalo. Você não pode prometer, não cumprir e ainda assim achar que vai ficar impune.

Lembre-se do Todo-poderoso! Deus??? – Não, nesse caso,  o Cliente. E o Cliente não é e nem nunca será Deus. Deus perdoa!

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *