Um discurso de apresentação por email na prática

Como você aborda um potencial cliente, ou parceiro, com um email de apresentação?

Gerar negócios e estabelecer parcerias faz parte do dia-a-dia, mas algumas vezes, acabamos gastando um tempo elaborando nosso discurso quando vamos enviar emails de apresentação.

Achei interessante compartilhar essa experiência e ao mesmo tempo, ajudar essa iniciativa bacana.

 

Esses dias, recebi um email do Vitor Moya, responsável pela iniciativa Startups Brasil, nos apresentando a proposta deles da seguinte forma:

“Olá Agendor nós somos o Startups Brasil, o maior banco de dados de Startups e universidades do Brasil.

A Startups Brasil (http://www.guiato.com.br/startups/) é um projeto sem fins lucrativos com o objetivo de ajudar as Startups no seu desenvolvimento linkando universitarios, técnicos e profissionais para estas empresas que procuram uma mão de obra qualificada. O portal, ja possui um total de mais de 700 Startups cadastradas e geolocalizadas que funciona da seguinte forma: o usuario entra no mapa de Startup coloca o seu endereço e o serviço te encaminhara para a Startup mais próxima de sua casa ou universidade.”

Você está com seu discurso bem treinado?

Você está com seu discurso bem treinado?

Ele conseguiu chamar minha atenção em pouco tempo, lendo somente as primeiras frases. E após isso, eu já tinha lido o email todo e respondido ele. Por quê? Vou explicar meus motivos abaixo:

5 itens principais do discurso de apresentação

#1. Ele descreveu o que faz em uma frase. Foi rápido, sucinto e digerível (sem palavras complicadas).

#2. Falou sobre nós. Quando ele coloca “objetivo de ajudar as Startups no seu desenvolvimento”, ele está mostrando que o que eles fazem é para nós (somos uma startup, só para esclarecer).

#3. Mostrou o resultado que podemos obter. Veja que ele explica em um passo-a-passo bem objetivo, algo que seria complicado de entender se colocado de outra forma: “o usuario entra no mapa de Startup coloca o seu endereço e o serviço te encaminhara para a Startup mais próxima de sua casa ou universidade.”

#4. Apresentou uma solução para algo que precisamos. Encontrar profissionais comprometidos e com preparo é difícil. Então um meio que facilita o contato com universitários é uma solução bem interessante.

#5. Terminou com uma “chamada para ação”. Ao final, ele já expressou o que queria e propôs formas de agirmos:

“Para que o projeto Startups Brasil dê certo e que a sua empresa tenha um relacionamento amigável com o site, queria a sua ajuda para a divulgação do nosso projeto, fazendo um post no blog da empresa ou em qualquer seção que você preferir contendo o link de nosso site e se você preferir pode apenas colocar o link de nosso site na seção de links uteis.”

Só tenho uma crítica a fazer: ele não pesquisou quem está por trás do Agendor para adicionar no email!

Teria muito mais impacto se eu recebesse um email assim: “Olá Gustavo e Equipe do Agendor, nós somos o Startups Brasil, o maior banco de dados de Startups e universidades do Brasil.”.

Quer causar mais impacto ainda? Adicione meu nome no assunto do email e você ganhará minha atenção bem rápido.

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *