VÍCIOS QUE VOCÊ DEVE EVITAR EM TELEVENDAS


Para os vendedores que trabalham atendendo seus clientes por telefone, método comumente conhecido como “televendas”, pequenas alterações no timbre de voz e na sua postura podem refletir diretamente no aumento dos seus números. Porém, na contramão, vícios durante a conversa ou mesmo falar palavras erradas podem atrapalhar a negociação e culminar na perda da venda, sem contar na imagem da sua empresa! No artigo de hoje, vamos abordar os principais vícios que você deve EVITAR em Televendas!

UMA VENDA É UM DIÁLOGO!

Sim! Toda venda é, diretamente, um diálogo. Seja através do telefone, pessoalmente ou mesmo pela internet. O emissor (neste caso, o vendedor) possui a missão de passar o conteúdo de forma correta para o seu receptor (o cliente, claro!).

Se algo sai errado, a culpa é do vendedor que não soube se expressar corretamente, não levando a mensagem ao seu cliente e fazendo-o comprar do concorrente! É simples: se você está contando uma piada e ninguém ri, certamente não é culpa dos seus amigos.

Vícios ao falar no telefone

O QUE É UM VÍCIO EM TELEVENDAS:

Um vício em televendas pode ocorrer de diversas formas e varia conforme o profissional. Basta alguns minutos de atenção em uma conversa com um fornecedor e você percebe que ele está conversando mascando um chiclete ou utiliza muito a expressão “cara”.

O vício é justamente isso: algo que a pessoa faz inconscientemente, ou seja, sem perceber que este(s) vício(s) é que está atrapalhando o seu desempenho. Ainda neste ponto, um vício comum ocorre com as expressões “né”, “sabe” ou qualquer outra figura de linguagem que você utiliza no seu dia-a-dia.

PRINCIPAIS VÍCIOS EM TELEVENDAS:

Partindo para o lado prático, abaixo está uma lista de vícios que os profissionais de vendas cometem. Cabe ressalvar que não se aplica apenas às pessoas que trabalham com televendas, mas a todos osSUPERVENDEDORES que atendem seus clientes por telefone, seja para tirar uma dúvida sobre um pedido ou mesmo para agendar uma reunião. Vamos a eles:

1 – NÃO OUVIR E FALAR DEMAIS

Sim! Esse é um dos principais problemas dos vendedores. Na ânsia de vender, eles acabam expondo seus produtos de forma quase descontrolada, não deixando que o cliente diga o que realmente precisa comprar. Ouça mais e fale menos, assim você consegue descobrir todas as informações para vencer a objeção do cliente no momento do fechamento!

Vício em televendas: Falar demais

2 – UTILIZAR EXPRESSÕES REPETITIVAS

Pegando carona no erro 1, os profissionais de vendas acabam utilizando expressões repetidas vezes, atrapalhando a comunicação. Expressões como “então tá”, “sabe” (ou “sesabe”), “né”, “tá” e assim por diante.

3 – UTILIZAR O GERÚNDIO

Uma das piores coisas que se pode ouvir são os verbos em gerúndio, porque denota que a ação nunca terá fim! Expressões como “estarei fazendo”, “estarei verificando”, “estarei enviando” devem ser evitadas ao máximo. Para corrigir, utilize expressões pontuais, ou seja, “farei até quarta-feira”, “verifico até hoje a tarde” e “envio assim que desligar”. Melhor não?

4 – PALAVRAS NEGATIVAS

Se você quer vender seu produto, utilize frases POSITIVAS. Caso contrário, palavras como “problemas”, “atraso”, “nunca”, “impossível” e “prejuízo” deixam, durante a negociação, um aspecto amador e, pior, seu cliente fica inseguro em concluir o negócio.

5 – UTILIZAR PALAVRAS NO DIMINUTIVO

Usar “palavrinhas” no diminutivo pode deixar uma má impressão sobre você, sua empresa e seu produto. Utilizar de forma errada palavras como “ligadinha”, “precinho”, “minutinho” e “uma passadinha” dificultam a mensagem que deseja passar ao seu cliente.

6 – GÍRIAS E VOCABULÁRIOS IMPRÓPRIOS:

Indiferente do seu mercado, utilizar gírias como “pô”, “peraí”, “falou”, “show”, “sem chance” e “tá ligado” são impróprias e transmitem insegurança ao seu cliente. Nós gostamos de conversar com pessoas educadas e bem informadas, certo?

Gírias e Vocabulários Impróprios

7 – EXPRESSÕES INSEGURAS:

Se você fala durante a apresentação do seu produto “eu acho que”, “talvez seja assim”, “Não sei bem” pode ter CERTEZA que seu cliente ficará inseguro e o resultado é NÃO comprar seu produto. Antes de ligar para o seu cliente, certifique-se que você entende do seu produto e do seu mercado.

8 – FALTA DE HIGIENE:

Conversar com o cliente enquanto você almoça ou mesmo mascando um chiclete transmite a imagem de uma pessoa sem educação. Mesmo pessoalmente, quando conversamos com alguém que masca chiclete, concorda que é estranha a sensação da pessoa estar “mastigando” e falando ao mesmo tempo?

9 – ERRAR PALAVRAS SIMPLES:

No momento da negociação, evite falar palavras de forma errada. Em qualquer apresentação comercial, a boa dicção e o vocabulário correto são itens fundamentais para termos certeza absoluta que estamos transmitindo a mensagem da forma correta. Evite:

  • Problema = probema ou pobrema
  • Cliente = criente
  • Nós = a gente (agente sabe, por exemplo)
  • Aguarde, por favor = só um segundinho
  • Vou Verificar = não sei não

10 – TRATAR COM INTIMIDADE:

Lembre-se, meu amigo: você está trabalhando e deseja VENDER. Você não está conversando com sua amiga para usar expressões como “meu amor”, “benzinho”, “fofo”, “minha flor” e “paixão”. Não caia nessa armadilha!

COMO VENDER PELO TELEFONE:

Simples: NÃO cometa esses erros. Além disso, esteja MUITO bem informado sobre seus produtos e sobre o seu mercado. Mantenha SEMPRE a educação, chamando a pessoa pelo nome e priorizando os produtos que seu cliente deseja (e precisa) comprar.

COMO VENDER PELO TELEFONE?

Seguindo essas orientações você aumenta a confiança que seu cliente deposita em você e, além disso, desenvolve um relacionamento de longo prazo com ele. Nós sabemos que relacionamento não vende, constrói amigos, certo?

FINALIZANDO: VENDAS POR TELEFONE:

Veja como seu cliente fala e se comporta durante a conversa no telefone. É dessa forma que você deve conduzir a conversa, mas nunca deixando de seguir as orientações acima expostas. Entenda que nivelar uma conversa não quer dizer que você precisa usar o mesmo vocabulário do seu cliente.

Você deve usar o mesmo tom de voz e velocidade no diálogo. Se ele fala groso, fale também. Agora se ela fala com rapidez, transmita a comunicação de forma clara, mas rapidamente. Isso SIM é estabelecer rapport através do contato telefônico e causar uma boa impressão!

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *